sábado, 9 de dezembro de 2017

Quase avó…

neto(Foto: Reprodução)

A avó morreu. Nem conheceu o neto. Agora não dá mais. Algo a que se lamentar.

Amor de avó e neto é tão incondicional que a gente nem entende como viver uma vida abrindo mão desse carinho...

Se há algo de bom na minha vida, durante a minha história, foi ter tido a companhia e a constante presença da minha avó. Talvez por isso para mim é tão difícil aceitar o não acolhimento de um neto. Filho do filho da gente é filho duas vezes.

Mas não julguemos. Cada um sabe de si. Ou pensa que sabe. Vive na ignorância e perde as boas oportunidades que a vida lhes proporciona, como um neto, cheio de potencial para amar!

Perde quem abre mão para ser amada. Perde quem não compartilha afeto, sonhos e esperanças. Perde quem não põe a mão na outra mão pequena e não acerta o passo para um mesmo caminhar.

Avó é família. Neto é família. Não tem como se negar esses laços. Laço de sangue é para a eternidade.

E o neto foi dormir mais triste porque perdeu avó que nem conheceu...

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Noite de Miss

concurso de Miss4

Bárbara Farias é filha de Dayde, uma amigona do peito. E ontem ela brilhou na passarela do concurso Miss Espírito Santo Teen 2018, representando Vila Velha e conquistando o injusto segundo lugar.

Podem até achar que concurso de Miss está ultrapassado, um tanto fora de moda, mas a verdade é que as mocinhas ainda se encantam com o seu glomour. Afinal de contas é sempre mais uma porta aberta para tornar-se conhecida no mundo das passarelas e da moda.

Certamente as coisas estão bem diferentes de anos atrás… Desfile mais parecido com show, apenas para convidados pagantes, parentes e amigos das candidatas. E eu estava lá, justamente por causa de Bárbara que, na minha opinião, era a mais linda entre todas. Entre todas.

Já cobri, como imprensa, alguns desfiles de Miss Espírito Santo e procurei ser sempre muito profissional. mas ontem foi diferente. Na área de eventos do Shopping Vila Velha eu torci, gritei, aplaudi, tirei fotos não muito boas… Fui mais “tia” do que blogueira. Mas valeu a pena.

Bárbara é universitária, uma ótima filha, amiga, companheira e tem tudo para ser uma profissional de sucesso. Não é, sem dúvida, apenas mais um rostinho bonito. Ela é linda por dentro e por fora. Orgulho da Dayde e de todos nós.

Segundo lugar no concurso de ontem mas, para a gente que a conhece bem, ela é primeiríssima. Hors concours!

Esta é Bárbara, ainda no camarim:

A apresentação das candidatas ao título Miss Espírito Santo Teen:

Bárbara Farias já com a sua faixa de Miss. <3

concurso de Miss9

concurso de Miss11

Bárbara acompanhada da Miss ES Simpatia Teen 2018.

concurso de Miss3

E em primeiro lugar a Miss Espírito Santo Teen 2018:

concurso de Miss8

concurso de Miss10

Desculpem, mas sou mais a nossa Bárbara. “Tia coruja” assumida.

concurso de Miss6

O evento foi realizado pela TH Promoções, sob a coordenação das empresárias Ivete e Thays do Espírito Santo. Além da escolha da Miss ES Teen, também foram disputaram as categorias Miss e Mister ES Mini, Mirim e Juvenil 2018.

concurso de Miss7

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O silêncio

pessoa amada

(Foto: Reprodução)

“Onde quer que vc esteja, seja a alma deste lugar.

Discutir não alimenta. Reclamar não resolve. Revolta não auxilia. Desespero não ilumina. Tristeza não leva a nada. Lágrima não substitui suor. Irritação intoxica. Deserção agrava. Calúnia responde sempre com o pior.

Para todos os males, só existe um medicamento de eficiência comprovada: continuar na paz, compreendendo, ajudando, aguardando o concurso sábio do Tempo, na certeza de que o que não for bom para os outros não será bom para nós...

Pessoas feridas ferem pessoas.

Pessoas curadas curam pessoas.

Pessoas amadas amam pessoas.

Pessoas transformadas transformam pessoas.

Pessoas chatas chateiam pessoas.

Pessoas amarguradas amarguram pessoas.

Pessoas santificadas santificam pessoas.

Quem eu sou interfere diretamente naqueles que estão ao meu redor.

Acorde! Cubra-se de gratidão, encha-se de Amor e recomece… O que for benção pra sua vida, Deus te entregará, e o que não for, ele te livrará!

Um dia bonito nem sempre é um dia de sol… Mas com certeza é um dia de Paz.”

(Autor desconhecido)

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Esperança já!

esperança já(BANKSY, photographer unknow)

Preciso de esperança. Chega de ano arrastado. Coisa demais. Trabalho demais. Dinheiro que não cobre as necessidades… Essa vidinha que não sai da rotina, mês após mês. E a gente não tem como quebrar a corrente. Submete-se, e sofre. Reza por dias melhores e até conquista alguns benefícios parcos.

Vida que segue. Besta. E leva a gente. E traz para o mesmo ponto, que leva outra vez. Trabalha-se demais para ganhar tão pouco! E a gente vai dormir sonhando com os números da Mega Sena. Porque a gente precisa sonhar para manter a sanidade…

Preciso mesmo de dias melhores. Esperança já! Saudades das passeatas de esquerda com palavras de ordem e punhos cerrados no ar. Faziam bem. Energizavam. Saudades do tempo que todo jovem era um sonhador idealista revolucionário. Infelizmente esse tempo passou.

Os anos estão pesando para mim. Talvez nem tanto no físico… Mas acumular experiências gera sabedoria que gera uma certa impaciência. Quase intolerância.

Torço para que chegue logo 31 de dezembro e que venha a virada do ano com aquela enxurrada de votos positivos para o Réveillon. Precisando urgente de boas energias e novas esperanças.

Será que vendem na farmácia? Porque, com certeza, são os remédios que preciso para me sentir melhor…

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Alarmada!

alarme(Foto: Tinnitus: deafening. Shutterstock)

Alarmes sonoros têm as suas funções específicas e benefícios esperados. Indiscutível. Mas precisam ser tão altos e estridentes? Sinceramente, vários alarmes tocando desembestadamente, ao mesmo tempo, me deixam tonta! O efeito é contrário. Distraio. Perco o foco.

Moro numa rua movimentada, cheia de prédios altos e modernos, com garagens embutidas, logo contam com aquele aparelhinho sonoro e luminoso para avisar a entrada e a saída dos automóveis. Um edifício ao lado do outro. Uma entrada de garagem ao lado da outra. Um aparelho piscando e tocando ao lado do outro! Desesperador.

Sei que são necessários, principalmente para os deficientes visuais e pessoas distraídas, mas os alarmes poderiam apresentarem-se em volume mais moderado. São excessivamente altos, na minha opinião. Cegos não são surdos necessariamente! Um pouco de bom senso e consideração com os vizinhos cairia muito bem.

O abuso de buzinas, sirenes e alarmes é sinônimo de poluição sonora, algo a ser combatido. Por melhores que sejam as intenções, respeitar o direito alheio sempre deve ser considerado.

Um pequeno ajuste no volume dos aparelhos seria muito bem-vindo e conciliador. Questão de melhoria na qualidade de vida de todos. E não custa nada…

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Unidos

unidos(Créditos na imagem)

A união é, no mínimo, uma decisão inteligente.

Pratiquemos.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Perdemos Denise. E Anízio. Luto.

luto(Imagem: Reprodução)

A família está de luto. Os amigos estão de luto. Conhecidos e vizinhos estão de luto. A Educação está de luto. Alunos e colegas de trabalho estão de luto. Toda a sociedade deveria estar!

Perdemos Denise. Morreu assassinada numa tentativa de assalto, ontem no final da tarde, dentro de um ônibus intermunicipal, quando voltava para casa, após um dia inteiro de trabalho.

Professora em duas escolas. Mãe de três filhos. Esposa. Mulher. Não chegou a completar cinquenta anos... Segundo depoimentos, era dedicada e compromissada em tudo que fazia. Todos perdemos. Todos.

Denise desesperou-se porque percebeu a morte eminente. Tentou fugir, mas foi inevitável. Trio certeiro... Mas ela não foi só: Anízio, pai, marido, trabalhador, pedreiro, a acompanhou. Outros passageiros, feridos, estão sendo cuidados em hospitais da região.

Num ônibus onde viajavam pessoas cansadas, ao final do expediente, outras pessoas acharam que poderiam usufruir de seus bens, os materiais. Escassos. Vazios. Insignificantes.

Porque o que levaram, de verdade, foi o que eles tinham de mais valiosos: a vida, a coragem, a saúde, a esperança.

Pobres assaltantes. Dignos de pena.

A sociedade está doente. Como eu disse, tempos difíceis


Meus sinceros sentimentos aos familiares, amigos, colegas de trabalho, alunos de Denise Fabiane Queiroz e Anízio Gomes.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Tempos difíceis

foto(Foto: Reprodução)

Vamos, aos trancos, fechando o ano. Pior é pensar que 2018 promete! Ano de eleições presidenciais, certamente período complicado na política, pelo que tudo indica… Ano de Copa do Mundo de Futebol, com a missão de resgatar um certo 7 x 1…

Queria que na virada do ano a gente ficasse igual naqueles filmes da sessão da tarde: alguns dias parados no tempo, num “limbo temporal”, só para descansar. Desestressar! Precisamos.

Viemos de dias conturbados. Gente que se acha entendida, ditando regras equivocadas. Gente manipulada por aquelas pessoas comprando brigas, instigando, perturbando a paz alheia. Gente corrupta corrompendo-se e levando o nosso dinheiro suado…

Fico pensando com os meus botões: que tempo é esse que estamos vivendo?

Um simples comentário feito e fui ofendida por alguém que nem me conhecia, apenas discordava do meu ponto de vista… Gente que agride, que se incomoda com a vida alheia… Gente estúpida. Intolerante. Intransigente.

Discordar deveria ser algo saudável para levar ao crescimento mútuo, através do exercício da reflexão. A dialética deveria ser uma prática bem-vinda. Mas algumas pessoas, na sua arrogância, baniram seu uso. Agora estabeleceu-se a lei do que “o que eu penso está sempre certo. Logo, se você não pensa como eu, está errado”. Mais uma amizade desfeita.

Realmente, eis a contradição: a época em que mais as pessoas se relacionam, através das redes sociais, mais se afastam!

Tempos difíceis.

Vamos torcer por um bom Ano Novo desde já. E torcer com força…

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Desculpas

desculpas(Imagem: Reprodução)

Parece simples, mas não é. Para alguns, então, é o maior sacrifício. Para poucos, nem tanto. O fato é que reconhecer um erro e pedir desculpas não é para todos. Só para os fortes, para os que têm o caráter bem formado.

Eu sei que é difícil, mas um sincero pedido de desculpas é capaz de reatar laços, reaproximar pessoas, desfazer mal entendidos. É extremamente necessário. Não tem como passar por cima… Mas é preciso que seja verdadeiramente desejado e feito com pureza de sentimentos.

Eu sei desculpar-me com mais facilidade do que dar o meu perdão. Traço de personalidade, talvez. Na verdade, sou capaz de passar por cima, perdoar, mas não consigo esquecer… Como se ficasse registrado, que dali eu pudesse esperar qualquer coisa... E, assim, eu fico com o pé atrás! Inevitável. Confiança, quando a gente perde, é mesmo difícil recuperar.

Fácil ou difícil, a gente tem que consertar o malfeito. Errou, reconhecer o erro, pedir desculpas e não repetir o que fez de errado. Aprender com o erro é uma atitude sábia. Todos ganham, principalmente nós mesmos.

O que está pendente incomoda e funciona como um obstáculo que precisa ser superado para o nosso crescimento pessoal. Avaliar a situação para tomada da atitude acertada é sinal de amadurecimento.

Desculpar-se não é humilhar-se. Ao contrário, é engrandecer-se como ser humano.

domingo, 12 de novembro de 2017

Já é tempo de Natal… Papai Noel chegou ao Shopping Praia da Costa!

PN3

Têm coisas que não mudam em mim, nem com o passar dos anos... A emoção de participar da chegada do Papai Noel é uma delas.

Ele pode vir ao shopping, ao supermercado da esquina, à casa do vizinho da gente, mas Papai Noel é muito mais do que um velhinho vestido com fantasia barata. Ele personifica um dos símbolos mais significativos e importantes para mim e para muita gente: o Espírito do Natal.

Como cristã, conheço o verdadeiro sentido da data, não se enganem: Cristo Salvador nascido em Belém. Mas Papai Noel também tem o seu mérito.

Diz a lenda que:

                      "o personagem foi inspirado em São Nicolau, arcebispo de Mira na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro". (pt.wikipedia.org)

Eu acredito sinceramente que no Natal há espaço para todos - até para quem não acredita, não tem fé! O Espírito Natalino é alegre, bondoso, fraterno e enche o nosso coração com esses bons sentimentos. E eles contagiam. Papai Noel personifica tudo isso. Como não se emocionar com sua chegada!?

Eu ousaria dizer que o período natalino é como um oásis nessa correria louca que é a vida da gente. Tempo de olhar para o outro, de estender a mão, de praticar uma ação concreta de solidariedade... Tempo de amar.

Pois Papai Noel chegou hoje por aqui, no Shopping Praia da Costa, em Vila Velha, e eu fiquei bem pertinho dele. Acenei com a mão e fiz força para não chorar. Com ele, desfilaram muitas doces lembranças da minha infância acompanhadas, de perto, pela saudade...

Êta tempo bom!

É muito cedo para lhe desejar Feliz Natal?

PN4

PN5

PN6

PN1